Untitled Document
FAQ Suporte Técnico - Manuais, rotinas e ferramentas. [Home]
 

Ativando ou Cancelando um cliente com DHCP

Abaixo segue o procedimento necessário para a ativação de um novo cliente ou o cancelamento de um cliente antigo.

 

Acesse o servidor do condomínio em questão.

 

Ativando a interface virtual de um novo Cliente

Configurando o serviço de DHCP

Cancelando a interface virtual de um cliente

Removendo as configurações do serviço de DHCP

 


 

Ativando um cliente com DHCP

 

Primeiramente iremos carregar a interface virtual que será o Gateway do Cliente:

Para isso vamos editar o arquivo /sbin/rotas, isso você poderá fazer pelo menu do servidor ou diretamente pelo console.

Pelo menu, selecione:

1 ) Network configuration

5) rotas

Pelo console, execute:

ae /sbin/rotas

 

Agora procure pela primeira rede disponível, em geral esta rede será apresentanda como no exemplo abaixo:

#COLOQUE AQUI O NOME DO CLIENTE (COMO NO FM) - APTO - BL
#ip a add 192.168.11.17/30 brd + label eth0:3 dev eth0
#arp -s 192.168.11.18 00:00:00:00:00:18

Então, vamos colocar o nome e apto-bloco do cliente conforme solicitado.

Atualize o MAC do computador do cliente. Desargumente (retire o "#") das duas linhas de configuração e copie essa linhas.

 


Para as redes com máscara 255.255.255.248 (mais de um ponto de acesso) os MACs dos IPs que não estão sendo utilizados também deve estar fixos através do comando arp. Contudo este MAC deverá ser um MAC fictício, ou seja, inexistente. Veja o exemplo:

O cliente tem dois pontos de acesso, sendo os seus MAC´s E0:20:03:70:0A:82  -  00:0C:76:1F:6E:C3. Em azul os computadores do cliente. Em vermelho os MAC ficticios.

#NOME DO CLIENTE - BL - APTO
ip a add 192.168.13.1/29 brd + label eth2:64 dev eth2
arp -s 192.168.13.2 E0:20:03:70:0A:82
arp -s 192.168.13.3 00:0C:76:1F:6E:C3

arp -s 192.168.13.4 00:00:00:00:13:04
arp -s 192.168.13.5 00:00:00:00:13:05
arp -s 192.168.13.6 00:00:00:00:13:06

O MAC fictício deveerá sempre terminar como o IP. Para os IPs com o último octeto maior ou igual a 100   "00:00:00:13:01:00"


 

Salve o arquivo.

Acabamos de configurar a interface virtual. Com este procedimentos garantimos que a interface será carregada quando o servidor for reiniciado, mas precisamos que a interface seja carregada neste momento, então, as duas linhas que foram copiadas devem ser colocadas no console do servidor.

 

Agora vamos configurar o serviço de DHCP, que é por onde o nosso servidor saberá qual configuração carregar para o cliente

Para isso vamos editar o arquivo /etc/dhcpd.conf, isso você poderá fazer pelo menu do servidor ou diretamente pelo console.

Pelo menu, selecione:

3 ) Packages configuration

7) dhcpd

1) dhcpd configuration file

Pelo console, execute:

ae /etc/dhcpd.conf

 

Agora procure pela primeira rede disponível, em geral esta rede será apresentanda como no exemplo abaixo:

#COLOQUE AQUI O NOME DO CLIENTE (COMO NO FM) - APTO - BL
# subnet 192.168.11.16 netmask 255.255.255.252 {
# range 192.168.11.18;
# option broadcast-address 192.168.11.19;
# option routers 192.168.11.17;
# }
# host ap501 {
# hardware ethernet 00:0E:A6:85:BA:73;
# fixed-address 192.168.11.18;
# }

IMPORTANTE: a configuração de DHCP do cliente e a interface virtual carregada anteriormente devem fazer parte da mesma rede.

option routers 192.168.11.17; (este será o IP da interface virtual)
fixed-address 192.168.11.18; (este será o IP do cliente)

 

Então, vamos colocar o nome e apto-bloco do cliente conforme solicitado.

Atualize o MAC do computador do cliente e o seu apartamento no host. Desargumente (retire o "#") de todas as linhas, com excessão da primeira que é apenas informativa.

Salve o arquivo.

Acabamos de configurar o serviço de DHCP. Com este procedimentos garantimos que o serviço de DHCP saberá qual configuração carregar para o cliente quando o servidor for reiniciado, mas precisamos desta configurações neste momento, então, devemos reiniciar o serviço de DHCP do servidor, para tanto:

No console:

[root@Condomínio root]# /etc/init.d/dhcpd restart
Stopping dhcpd:.........................................................................................................[ OK ]
Starting dhcpd:.......................................................................................................... [ OK ]

IMPORTANTE: se ocorrer algum erro na inicialização do serviço de DHCP, em geral, na mensagem de erro é informada a linha que está com erro. Então você deverá voltar ao arquivo e corrigi-la. Após a sua correção reinicialize o serviço novamente.

 

Faça o BACKUP da flash do ETC e do DHCP

 


 

Cancelando um cliente com DHCP

O procedimento é praticamente o mesmo da ativação de um novo cliente.

 

Primeiramente iremos descarregar a interface virtual que será o Gateway do Cliente:

Para isso vamos editar o arquivo /sbin/rotas, isso você poderá fazer pelo menu do servidor ou diretamente pelo console.

Pelo menu, selecione:

1 ) Network configuration

5) rotas

Pelo console, execute:

ae /sbin/rotas

 

Agora procure pela rede do cliente, em geral esta rede será apresentanda como no exemplo abaixo:

#NOME DO CLIENTE - APTO - BL
ip a add 192.168.11.17/30 brd + label eth0:3 dev eth0
arp -s 192.168.11.18 (mac do cliente)

Onde está o nome do cliente coloque #COLOQUE AQUI O NOME DO CLIENTE (COMO NO FM) - APTO - BL

Substitua o MAC do computador do cliente por um MAC inexistente, exemplo: 00:00:00:00:11:18. Argumente ("#") as duas linhas de configuração.

Copie a linha "ip a add 192.168.11.17/30 brd + label eth0:3 dev eth0"

Salve o arquivo.

Acabamos de desabilitar a interface virtual. Com este procedimentos garantimos que a interface não será carregada quando o servidor for reiniciado, mas precisamos que a interface seja descarregada neste momento, então, no console do servidor cole a linha que foi copiada e substitua o add por del

Antes:

ip a add 192.168.11.17/30 brd + label eth0:3 dev eth0

Depois:

ip a del 192.168.11.17/30 brd + label eth0:3 dev eth0

 

Agora vamos remover as configurações do serviço de DHCP

Para isso vamos editar o arquivo /etc/dhcpd.conf, isso você poderá fazer pelo menu do servidor ou diretamente pelo console.

Pelo menu, selecione:

3 ) Packages configuration

7) dhcpd

1) dhcpd configuration file

Pelo console, execute:

ae /etc/dhcpd.conf

 

Procure pela primeira rede do cliente, em geral esta rede será apresentanda como no exemplo abaixo:

#(NOME DO CLIENTE) - APTO - BL
subnet 192.168.11.16 netmask 255.255.255.252 {
range 192.168.11.18;
option broadcast-address 192.168.11.19;
option routers 192.168.11.17;
}
host ap501 {
hardware ethernet (MAC DO CLIENTE);
fixed-address 192.168.11.18;
}

Onde está o nome do cliente coloque #COLOQUE AQUI O NOME DO CLIENTE (COMO NO FM) - APTO - BL

Substitua o MAC do computador do cliente por um MAC inexistente, exemplo: 00:00:00:00:11:18. Argumente ("#") todas as linhas de configuração.

Salve o arquivo.

Acabamos de configurar o serviço de DHCP. Com este procedimentos garantimos que o serviço de DHCP não reconhecerá o computador como cliente e não carregará nenhuma configuração para ele quando o servidor foi reiniciado, mas precisamos desta configurações neste momento, então, devemos reiniciar o serviço de DHCP do servidor, para tanto:

No console:

[root@Condomínio root]# /etc/init.d/dhcpd restart
Stopping dhcpd:.........................................................................................................[ OK ]
Starting dhcpd:.......................................................................................................... [ OK ]

IMPORTANTE: se ocorrer algum erro na inicialização do serviço de DHCP, em geral, na mensagem de erro é informada a linha que está com erro. Então você deverá voltar ao arquivo e corrigi-la. Após a sua correção reinicialize o serviço novamente.

Faça o BACKUP da flash do ETC e do DHCP